quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

A IMPORTÂNCIA DA UNIÃO NA CONSOLIDAÇÃO

1 CORÍNTIOS 3:4-6
Gordon Haddon Clark
Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto / www.monergismo.com


4-5. "Quando, pois, alguém diz. Eu sou de Paulo, e outro: Eu, de Apolo, não é evidente que andais segundo os homens? Quem é Apolo? E quem é Paulo? Servos por meio de quem crestes, e isto conforme o Senhor concedeu a cada um [evangelista]".

Paulo, Apolo e todos os outros pregadores proeminentes são servos de Deus. Eles são de fato servos nas mãos de Deus, pois, embora os coríntios vieram a crer através da pregação de um ou de outro — e assim, alguém poderia dizer que Paulo converteu este homem e Apolo aquele outro — todavia, nenhum evangelista converteu alguém. Nem eles deram fé a alguém.

O próprio Deus decidiu a qual pecadores ele daria fé. Fé é um dom de Deus, como a epístola diz mais tarde, e nenhum apóstolo pode dá-la a alguém, nem pode alguém produzi- la voluntariamente a partir de seus próprios recursos. A KJ traduz desafortunadamente "a cada um (hekasto) como "para cada homem". Isto dá a impressão de que Deus deu fé a todo homem na Igreja de Corinto. Bem, certamente, Deus fez exatamente isto. Contudo, a seção diz respeito aos evangelistas, e o cada um refere-se a eles. Não somente Deus escolhe a quais pecadores ele concederá fé, mas ele também escolhe quais e quantos pecadores serão convertidos mediante a pregação de cada pregador. O versículo seguinte confirma isto.
6. "Eu plantei, Apolo regou; mas Deus causou o crescimento".

A atribuição de conversos a um homem ao invés de a outro não é tão rígida conto o parágrafo acima parece dizer. É verdade, alguns receberam a sua fé na ocasião da pregação de Paulo. Mesmo assim, se Paulo plantou a Palavra de Deus, Apolo chegou um pouco depois e a regou; e Deus causou o crescimento.

Em contraste com a modéstia de Paulo, ou mais claramente, em contraste com o reconhecimento de Paulo do seu papel como um servo, alguns evangelistas publicam o grande número de decisões que eles produzem, ou, o que é igualmente ruim, eles remetem as conversões às vontades dos convertidos. 

Estes evangelistas populares esquecem que a salvação é do Senhor. Conto o Salmo 65:4 diz: "Bem-aventurado aquele a quem tu escolhes e fazes chegar a ti" (ARC).

Fonte: 1Corinthians, Gordon H. Clark, Trinity Foundation, p. 61-62.

Nenhum comentário:

Postar um comentário