quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Bombeiros resgatam criança presa e mãe se irrita; veja as fotos

Um menino de aproximadamente dois anos foi encontrado na tarde de sábado (2), trancado dentro de um carro na quadra 116 da Asa Norte, região central de Brasília. Pessoas que passavam pelo local chamaram o Corpo de Bombeiros após verem o desespero da criança dentro do veículo. (Veja as fotos abaixo)

Quando os bombeiros chegaram, a mãe do menino apareceu e disse que ela havia esquecido as chaves dentro do carro e que o pai da criança teria ido buscar a chave reserva. Os bombeiros resolveram quebrar o vidro do veículo para resgatar a criança. A mãe se opôs e teria dito que não era para danificar o carro. Mesmo assim, os bombeiros quebraram seguindo procedimento padrão, de acordo com o comandante da operação, Alex Miller.
“Nós fomos chamados porque nos informaram que uma criança estava presa dentro de um carro. Quando chegamos aqui, a criança estava muito agitada, chorando muito e bastante suada. Para salvar a vida da criança e evitar uma asfixia resolvemos quebrar o vidro e tirá-la de lá. Mesmo contra a vontade da mãe, porque nossa missão é preservar a vida”, disse.
Irritada com a cobertura da imprensa, a mulher partiu para o ataque. Ela tentou quebrar a câmera do cinegrafista Samuca Melo, da TV Record. Ele se defendeu e conseguiu salvar o equipamento. Não satisfeita, a mulher agrediu o cinegrafista com tapas. Durante a confusão, ela quase deixa a criança cair do colo. Foi preciso a ajuda de um bombeiro para amparar a criança.
Após os bombeiros retirarem a criança de dentro do carro, o pai do menino, que seria policial civil, chegou e repreendeu os socorristas por terem quebrado o vidro do carro. Eles pegaram a criança e entraram no prédio em frente ao estacionamento onde aconteceu o incidente.
Os bombeiros registraram ocorrência na 2ª Delegacia de Polícia e onde o caso está sendo investigado.
Outros casos
Este é o segundo caso em quem pais esquecem o filho dentro do carro. Na semana passada, uma menina de quatro anos foi deixada trancada dentro do carro no estacionamento de um shopping da Asa Norte, área central de Brasília.
Uma equipe da Polícia MIlitar do DF (PMDF) fazia ronda na região quando observou a criança presa no veículo. Os policiais ensinaram a menina a abrir a porta pelo ladro de dentro e aguardaram pela chegada da mãe, que apareceu quase 40 minutos depois.
A mulher alegou à polícia que deixou a filha com o pai enquanto ia ao dentista. O pai, que tem 81 anos, contou que viu a mulher e a criança saindo do carro e não percebeu que, na verdade, ela estava no banco de trás do veículo.
Veja as fotos e deixe os seus comentários no DNA DE DEUS!







Um comentário:

  1. Só Deus mesmo para essa mãe que se preocupa mais com o carro do que com a criança...

    ResponderExcluir