quinta-feira, 18 de abril de 2013

Bandidos usam Bíblia falsa em ações nos estados de São Paulo e Alagoas


JÚLIA ÁVILA 18 DE ABRIL DE 2013 - via http://www.overbo.com.br/bandidos-usam-biblia-falsa-em-acoes-nos-estados-de-sao-paulo-e-alagoas/
Bandidos usam Bíblia falsa em ações nos estados de São Paulo e Alagoas
Na última sexta-feira, policiais milares de Minas Gerais e Alagoas apreenderam Bíblias falas utilizadas como esconderijo de drogas e armas. No interior mineiro, a Bíblia falsa funcionava como esconderijo de drogas. Já no município alagoano, dois homens com traje social assaltaram um posto de gasolina com uma arma disfarçada dentro de uma Bíblia. Os bandidos fingiam ser evangélicos.
Na noite de sexta-feira, uma Bíblia falsa com drogas estava entre as apreensões de uma blitz da Polícia Militar de Minas Gerais. O incidente foi registrado na cidade de São Bento do Sapucaí (SP), na rodovia MG-173. A estrada faz a divisa entre São Paulo e Minas Gerais.
Três pessoas foram presas em flagrante na caminhonete que estava parada durante o trabalho policial. Com eles, também foram encontradas porções de maconha e haxixe, além do material necessário para triturar os entorpecentes, segundo informou o G1. A droga havia sido comprada em São Paulo.
No estado de Alagoas, a ação de ladrões foi realizada no município de Arapiraca, distante 123 km da capital Maceió. Segundo o portal Alagoas 24 Horas, eles se passaram por clientes evangélicos.
De acordo com as informações policiais, o trajeto até o posto de gasolina foi feito em uma moto. O frentista, vítima dos bandidos, contou que os ladrões renderam o funcionário e roubaram um valor de setecentos reais. Até hoje, nenhum suspeito pelo assalto foi preso.
Crimes com Bíblias acontecem com frequência. Em novembro do ano passado, um homem usava o livro para despistar e não levantar suspeitas de suas vítimas. O ladrão assaltou um taxista, depois de abordar o carro informando que estava saindo da igreja. Ao fugir, invadiu uma casa até que a Polícia Militar chegasse e começasse a negociação. O caso aconteceu no Rio de Janeiro.
(Fonte Christian Post)

Nenhum comentário:

Postar um comentário