sexta-feira, 29 de novembro de 2013

(emocionante!!!) Chegue mais perto! Qual a aparência do Amor??

Em uma tradução livre, no momento da revelação do vídeo lê-se: "Será que precisamos nos disfarçar para nos aproximar? Se aproxime."

Além de ser surpreendente, a campanha me deu uma chamada "tapa de luva" na cara. Levei essa tapa porque no que as pessoas foram abraçando o urso, senti vontade de abraçá-lo também, senti que o mundo precisa de mais abraços - que, de fato, precisa. Porém, no momento da revelação, sofri o impacto da NOSSA superficialidade, do NOSSO preconceito. Falo que o preconceito e a superficialidade são NOSSOS e não apenas meus, pois todos temos um pouco de preconceito, um pouco de medo do "diferente".
A não ser que você já tenha algum familiar com problemas ou tenha envolvimento próximo com alguma pessoa deficiente, você TEM esse medo, esse preconceito.

Admito que a facilidade com que eu, ao andar na rua, abraçaria o urso não é, nem de longe, tão grande quanto a de abraçar a MESMA PESSOA que estava vestida de urso, sem sua fantasia.

Mas como pode isso? Como pode ser que a vontade de abraçar aquela pessoa fantasiada de urso não seja a mesma de abraçar aquela mesma pessoa, mas sem sua fantasia? Como posso ser tão superficial? Como posso ser tão preconceituoso? Como posso ser tão contraditório nas minhas vontades a esse ponto?
Eu preciso mudar. Você precisa mudar. TODOS NÓS precisamos mudar.
Não prescisamos exigir que a pessoa que tenha uma deficiencia coloque uma fantasia para aceitala!!!
A faixa de áudio "The Funeral" é, por cortesia do "Band Of Horses A", do álbum "Everything All the Time":

2 comentários:

  1. COMO UM ABRAÇO FAZ A DIFERENÇA, MUITAS PESSOAS QUE SE SENTEM SÓ, DESAMPARADAS, PRECISAM DE UM ABRAÇO PRA SE SENTIREM MELHOR, UM ABRAÇO FAZ UMA ENORME DIFERENÇA.

    ResponderExcluir
  2. É somente disso que a humanidade precisa!
    FICA A DICA!

    BJSSSSSSSSS

    ResponderExcluir