terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Arca de Noé era redonda, diz pesquisador que analisou artefato antigo com referências ao dilúvio



 
Arca de Noé era redonda, diz pesquisador que analisou artefato antigo com referências ao dilúvio
As ilustrações da arca construída por Noé a mando de Deus para salvar a criação do dilúvio definem a embarcação num modelo parecido aos dos navios que conhecemos hoje, longo e arqueado. Entretanto, uma descoberta arqueológica pode mudar esse conceito.
De acordo com o cientista e pesquisador Irving Finkel, a arca de Noé seria redonda, com compartimentos para os animais mais próximos à borda exterior, e um acesso a esses compartimentos pelo centro.
As afirmações foram feitas por Finkel depois que ele analisou uma pequena tabuleta de 4 mil anos de idade, encontrada na antiga Mesopotâmia, território que atualmente pertence ao Iraque.
De acordo com a agência de notícias Associated Press, Finkel afirmou que na tabuleta há descrições das medidas da arca: “Era redonda, com uma superfície de 360 metros quadrados e paredes de seis metros de altura”, disse o pesquisador.
Segundo Finkel, essa descrição é mais coerente com os relatos históricos de embarcações descobertas em um período posterior ao do dilúvio: “Uma embarcação redonda faz sentido. Eram amplamente utilizadas por pescadores no antigo Iraque, e eram perfeitamente elaboradas para manter o equilíbrio contra as frenéticas inundações”, comentou.
Cético, Finkel afirma que acredita que a arca “nunca foi construída” por Noé: “Tenho 130% de certeza”, aposta o pesquisador, que acrescenta: “Eu tenho certeza que a história do dilúvio e um barco para salvar a vida é uma invenção da Babilônia”.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário