terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Ex-evangélica, participante do BBB critica ensinamentos da igreja sobre virgindade


Open in new windowBella disse que, atualmente, não concorda com os princípios que nortearam sua vida religiosa durante muitos anos, e afirmou que tais regras “não são legais”.

Durante a prova para decidir o líder da semana da 14ª edição do “Big Brother Brasil”, Bella, de 27 anos, comentou sobre seu passado em uma igreja evangélica, e criticou alguns princípios adotados pela igreja ao contar que não teve nenhuma relação sexual antes dos 23 anos.

Segundo ela, tal espera se deu por sua antiga crença, aprendida na igreja, de que deveria esperar para se envolver intimamente com um homem.

- Perdi minha virgindade com 23 anos, casei aos 24. (…) Frequentei a igreja evangélica por muitos anos. Tinha muitos dogmas da religião – afirmou a participante do reality show.

Bella disse ainda que, atualmente, não concorda com os princípios que nortearam sua vida religiosa durante muitos anos, e afirmou que tais regras “não são legais”.

- Quando vim para o Rio abri meus olhos. Essas regras todas não são legais – completou a pernambucana, segundo a coluna F5, da Folha de S.Paulo.

Os comentários de Bella sobre sua antiga confissão religiosa foram feitos durante a primeira prova de resistência no programa, que tinha como prêmio um carro modelo Fiat Strada e imunidade por duas semanas na casa, além da possibilidade de disputar a prova do líder na semana seguinte.

Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário