sexta-feira, 10 de julho de 2015

Evo Morales dá crucifixo em forma de foice ao papa e causa polêmica na internet



Presente reproduziria objeto criado por jesuíta espanhol morto em 1980 por paramilitares contrários às suas lutas sociais

A cruz em forma de martelo e foice entregue nesta quinta-feira (9) ao papa Francisco por Evo Morales, presidente da Bolívia, seria uma reprodução do objeto criado pelo jesuíta espanhol Espinal, morto em 1980 por paramilitares contrários às suas lutas sociais.



Crucifixo em forma de foice e martelo, símbolos do comunismo, garantiu a Evo Morales um salto para o quinto lugar nos trending topics do Twitter
Reuters
Crucifixo em forma de foice e martelo, símbolos do comunismo, garantiu a Evo Morales um salto para o quinto lugar nos trending topics do Twitter

A imagem se espalhou pelas redes sociais como um furacão e dividiu internautas entre os que consideraram o presente pertinente, dada a homenagem que Francisco fizera na véspera ao colega jesuíta Espinal, e os que avaliaram o gesto como "blasfêmia" ou falta de respeito.

O papa também presenteou o presidente boliviano: suas escolhas foram um mosaico que reproduz um ícone bizantino de virgem Maria com o Menino Jesus e uma cópia da encíclica "Laudato se" ("Louvado seja"), em que discorre sobre ecologia.
Na chegada ao país, na tarde desta quarta-feira, o pontífice elogiou a política boliviana e disse que o país "integra os diferentes" e "faz dessa integração um novo fator de desenvolvimento". Em clima de cordialidade, Evo, por sua vez, referiu-se a Francisco como "amigo Papa".
A visita é parte da viagem do papa à América do Sul - ele já passou pelo Equador e termina a visita no Paraguai.
Tiroteio
O crucifixo em forma de foice e martelo, símbolos do comunismo, garantiu a Evo Morales um salto para o quinto lugar nos trending topics (assuntos mais comentados) do Twitter no Brasil.


Nenhum comentário:

Postar um comentário